A+ A- Alto Contraste Libras
Faça sua busca pelo site
Notícias
19 de março de 2020 as 15:54 / Saúde

Procon fiscaliza preços praticados nas Farmácias do Município

 

Nos dias 18 e 19 de março o PROCON, representado por sua Coordenadora Paula Samuel van Schaik, fez fiscalização nas farmácias locais e entregou notificação para que se manifestem e informem os preços de venda e comprovem o aumento do valor, se caso houve aumento, do produto “álcool em gel”. A fiscalização se deu devido à denúncias feitas, onde consumidores se sentiram lesados com os preços do álcool em gel nas farmácias.

O PROCON no momento da fiscalização não encontrou o produto em nenhuma das farmácias, somente nas farmácias que fazem a manipulação do mesmo, mas não encontrou irregularidade nenhuma, a princípio os preços são os mesmo praticados desde o início do ano.

Conforme a coordenadora Paula, se houver algum reajuste no produto, será por conta da escassez da matéria prima, e a mão de obra que aumentou devido a demanda de pedidos que as farmácias de manipulação estão tendo e não estão conseguindo atender, mas para isso o PROCON notificou as farmácias para que comprovem, com notas fiscais dos últimos 3 meses, o aumento do preço, se houver.

Esse aumento de preços de produtos ou serviços é uma prática abusiva, que está expresso no Código de Defesa do Consumidor em seu art. 39, onde diz que, é vedado ao fornecedor de produtos ou serviços, dentre outras práticas abusivas: elevar sem justa causa o preço de produtos ou serviços. O artigo veda o aumento de preço de produtos e serviços por parte da empresa ou fornecedor, sem que haja um motivo justo e comprovado.

O aumento dos preços cobrados dos consumidores deve ser proporcional ao aumento dos custos, sem o fornecedor ou empresa aproveitar-se da situação pela qual a população está passando, isso não é motivo dos preços aumentarem, e essa prática é abusiva.

Após o prazo dado as farmácias o PROCON voltará nos estabelecimentos para fiscalizar os valores informados do produto pelas farmácias ao PROCON.


Notícias Semelhantes
Não-Me-Toque/RS
Av. Alto Jacuí, 840 - CEP: 99470-000
Telefone: (54) 3332 2600
E-mail: contato@naometoquers.com.br
Expediente:
08:15 às 11:30 - 13:30 às 17:00