Compartilhe

Dom, 13/10Não-Me-Toque

Ensolarado

Mín 21°

Máx 33°

Chuva 57%

Tempestades

Yahoo

Buscar no site
Av. Alto Jacuí, 840 - CEP 99470-000 - Fone: (54) 3332.2600 - E-mail: contato@naometoquers.com.br
Notícias
01.07.2019 - Saúde

Moradores da Zona Rural devem vacinar-se contra a Febre Amarela

A população da zona rural deverá comparecer na sala de vacinação para verificar sua situação vacinal em relação a Febre Amarela , já que todos os óbitos ocorridos em 2008/2009 por febre amarela registrados no RS foram de moradores de área rural e não vacinados.

Desde 2017, o Brasil passa pelo maior surto de febre amarela de sua história recente. No período de 2017/2018 foram confirmados 1.376 casos da doença com 483 óbitos. Em 2019 até Maio foram confirmados 81 casos e 14 óbitos, sendo um deles registrado em Santa Catarina.

A nível Estadual foram registrados 9 óbitos em 2008/2009, sendo todos residentes da área rural e não vacinados.  A febre amarela é uma doença grave que pode levar à morte e a vacina é a única forma eficaz e segura de prevenção. Quem ainda não tomou a vacina deve evitar áreas de risco, como matas, e devem ser imunizadas o mais breve possível. Além disso, o uso de repelentes, telas e roupas que cubram o corpo contribuem com a proteção contra a picada do mosquito transmissor.

A Secretaria de Não-Me-Toque convoca todos os moradores da área rural a virem a sala de vacinas junto ao Posto Central para vacinar-se. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira das 07:30 às 11:30 e das 13:00 às 17:00.

Os sintomas iniciais da febre amarela incluem:

  • Início súbito de febre;
  • Calafrios;
  • Dor de cabeça intensa;
  • Dores nas costas;
  • Dores no corpo em geral;
  • Náuseas e vômitos;
  • Fadiga e fraqueza.

Depois de identificar alguns desses sintomas, procure um médico na unidade de saúde mais próxima e informe sobre qualquer viagem para áreas de risco nos 15 dias anteriores ao início dos sintomas, e se você observou mortandade de macacos próximo aos lugares que você visitou, assim como picadas de mosquito. Informe, ainda, se você tomou a vacina contra a febre amarela, e a data.

O tratamento da febre amarela é apenas sintomático, com cuidadosa assistência ao paciente que, sob hospitalização, deve permanecer em repouso, com reposição de líquidos e das perdas sanguíneas, quando indicado.

Se você identificar macacos mortos na região onde vive ou está, informe imediatamente as autoridades sanitárias do município ou estado, de preferência, diretamente para a vigilância ou controle de zoonoses.

Combate e Prevenção

Além da vacina contra a febre amarela, a prevenção da doença deve ser feita evitando a disseminação do mosquito transmissor. Recipientes como caixas d’água, latas e pneus com água parada são ideais para que a fêmea do mosquito deposite seus ovos, de onde nascerão larvas, e se tornarão mosquitos. Portanto, deve-se evitar o acúmulo de água parada em recipientes destampados. Outras medidas de prevenção são o uso de repelente de insetos e mosquiteiros.

Atenção

Caso o morador encontre algum macaco aparentemente adoentado, morto, ou já em estado de decomposição, não manter qualquer tipo de contato com o animal, e ligar imediatamente para a Vigilância Ambiental.

Voltar Imprimir Ir ao Topo
Buscar no site