A+ A- Alto Contraste Libras
Faça sua busca pelo site
Notícias
29 de maio de 2019 as 09:44 / Saúde

Secretaria de Saúde planeja ações de combate, controle e conscientização sobre doenças urbanas

Na sexta-feira (24), reuniram-se na sala de reuniões da Unidade Básica de Saúde (UBS) Central as equipes de vigilância epidemiológica, sanitária, enfermagem, agentes de endemias e de saúde afim de discutir estratégias de controle, combate e conscientização da população a respeito de doenças e problemas urbanos de Não-Me-Toque.

Conforme destaca o Secretário Marco Costa, o surgimentos de casos de doenças como da raiva e da dengue acenderam o alerta vermelho no Município que pode ter uma epidemia caso medidas não forem tomadas imediatamente, e para isso precisamos do auxílio da população.

Atenção ao calendário vacinal de Cães e Gatos

A Secretaria de Saúde solicita que todos os proprietários de animais domésticos fiquem atentos ao calendário vacinal de seus pets para a vacina contra a raiva. A área na qual o foco da doença foi identificado foi isolada e a vacinação perifocal foi realizada.

Outro assunto pautado foi o controle populacional de cães e gatos. Um dos maiores problemas que vivenciamos atualmente em relação a animais estimação é o abandono e os maus tratos. Este problema vem sendo agravado pelo crescente aumento populacional, tanto dos animais de rua quanto daqueles que possuem um lar, mas cujos donos não praticam a guarda responsável e acabam submetendo seus pets a cruzamentos totalmente desnecessários, gerando mais e mais animais.

A distribuição de inibidores acontece junto a Secretaria de Agricultura e Secretaria de Saúde Municipal de Não-Me-Toque. O controle populacional através de inibidores será realizado até que hajam melhores definições quanto a política de castração do município e é um procedimento necessário para evitar gestações de risco, doenças graves e o abandono de filhotes de ninhadas indesejadas.

Infestação do Aedes Aegypti e casos de Dengue preocupam

Não-Me-Toque é considerado município infestado pelo mosquito e conforme o último LIRAa (levantamento rápido do índice de infestação), o risco de infestação é médio, ou seja, temos potencial para que doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti surjam no município.

Bastam apenas 10 dias para que uma fêmea do mosquito Aedes aegypti nasça, desenvolva-se e se torne capaz de transmitir os vírus que causam a dengue, a febre chikungunya e a microcefalia.

O surgimento de um caso de Dengue preocupa devido a velocidade com que a doença se espalha, seu tempo médio de vida também é breve, de apenas 45 dias, mas é nesse curto espaço de tempo que um único mosquito pode infectar até 300 pessoas.

Precisamos saber que o maior e melhor remédio para combater a doença é a atitude de cada um de nós! A dengue é um problema real e uma doença séria que pode causar a morte! É universal e acomete pessoas de todas as classes sociais.

Por isso, somente com a adoção de novos comportamentos em nosso dia-a-dia poderemos contribuir para a prevenção e o controle da ocorrência da dengue. Para que você seja um eficiente agente de combate à dengue 15 minutos por dia são o suficiente para fazer toda diferença!

Cuidados dentro das casas e apartamentos

  • Tampe os tonéis e caixas d’água;
  • Mantenha as calhas sempre limpas;
  • Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo;
  • Mantenha lixeiras bem tampadas;
  • Deixe ralos limpos e com aplicação de tela;
  • Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia;
  • Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais;
  • Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa.

Área externa de casas e condomínios

  • Cubra e realize manutenção periódica de áreas de piscinas e de hidromassagem;
  • Limpe ralos e canaletas externas;
  • Atenção com bromélia, babosa e outras plantas que podem acumular água;
  • Deixe lonas usadas para cobrir objetos bem esticadas, para evitar formação de poças d’água;
  • Verifique instalações de salão de festas, banheiros e copa.


Notícias Semelhantes
Não-Me-Toque/RS
Av. Alto Jacuí, 840 - CEP: 99470-000
Telefone: (54) 3332 2600
E-mail: sites@upside.cc
Expediente:
08:15 às 11:30 - 13:30 às 17:00