Compartilhe

Qua, 18/09Não-Me-Toque

Tempo nublado

Mín 10°

Máx 16°

Chuva 80%

Tempestades isoladas

Yahoo

Buscar no site
Av. Alto Jacuí, 840 - CEP 99470-000 - Fone: (54) 3332.2600 - E-mail: contato@naometoquers.com.br
Notícias
26.12.2017 - Saúde

NOTA DE ESCLARECIMENTO

 

O Hospital Beneficência Alto Jacuí e a Secretaria Municipal de Saúde vem a público emitir nota de esclarecimento devido a fatos ocorridos na madrugada do dia 16 de dezembro, no setor de urgência e emergência do Hospital, ao atender paciente vítima de acidente com objeto cortante, devido a veiculação em mídias sociais de supostas falhas de atendimento ou falta de algum serviço.

Neste sentido, conjuntamente as entidades colocam o seguinte:

– O paciente foi prontamente atendido quando da chegada ao hospital, porém, causou dificuldade a equipe e ao médico plantonista as atitudes violentas de familiares que causaram inclusive danos ao patrimônio do Hospital, conforme provam imagens do sistema de monitoramento. Registre-se que houve necessidade de solicitar apoio Policial para conter as pessoas que acompanhavam o paciente e que foi realizado o devido boletim de ocorrência.

 – O paciente chegou conduzido por familiares e outras pessoas visivelmente alteradas, apresentando sinais de embriaguez, em um compartimento de carga de um veículo tipo “Saveiro” não permitindo identificar as condições sob quais recebeu socorro nem o tempo decorrido entre o acidente e a chegada. Não houve acionamento do serviço de emergência para atender o acidentado no local da ocorrência.

– Com relação a publicações sobre a falta de serviço de ambulância cabe colocar que além da equipe de plantão o município possui veículos e pessoal habilitado para cobertura de eventos que demandem maior efetivo, mediante solicitação. Esclarece ainda que os municípios de Não-Me-Toque, Victor Graeff e Lagoa dos Três Cantos possuem convênio e compartilham de sistema redundante de ambulâncias para atendimento de acidentes e transferências, ou seja, mesmo que uma ambulância esteja em atendimento, haverão pelo menos outras duas em disponibilidade.

– No caso em questão, a transferência necessitou ser realizada em um veículo tipo UTI Móvel que neste caso é contratado junto a prestadores de serviço terceirizados. Ao ser acionada, A Secretaria de Saúde autorizou o serviço imediatamente. Há porém, que considerar o tempo de organização de equipe e de deslocamento deste veículo até a unidade hospitalar. A transferência de pacientes a referências de maior complexidade depende ainda de encaminhamento e da estabilização do paciente visando maior segurança e sucesso no transporte, procedimentos a cargo do médico assistente.

– Desta forma, reiteramos que o Sistema de Saúde, notadamente na área de urgência e emergência hospitalar, em todas as situações e especialmente no caso em questão, presta o melhor atendimento possível dentro de sua esfera de competências e da disponibilidade dos serviços instalados.

O uso de violência concorre somente para prejudicar o atendimento e desestabilizar as equipes de trabalho prejudicando tão somente aqueles que necessitam do atendimento e as instituições prestadoras dos serviços.

Darciele de Lima                                                         Marco Antonio da Costa

Administradora                                                                         Secretário de Saúde

Hospital Beneficência Alto Jacuí

Voltar Imprimir Ir ao Topo
Buscar no site