A+ A- Alto Contraste Libras
Faça sua busca pelo site
Notícias
07 de junho de 2021 as 11:37 / Cultura, Turismo e Desporto, Desenvolvimento

Não-Me-Toque é finalista em concurso que escolherá a cidade com o nome mais curioso do Brasil

O site bemcontado.com.br de Londrina – PR, está realizando um concurso online com a interação popular para escolher o município com o nome mais curioso do Brasil, dos 5.570 municípios do país, Não-Me-Toque acabou sendo escolhido como um dos finalistas para o concurso.

O Jornalista e proprietário do site Wilhan Santin, que já trabalhou em lugares como Folha de S. Paulo, Revista Globo Rural e BBC Brasil, comunicou que o município está na final ao lado de Coité do Nóia-AL e Morro Cabeça no Tempo-PI.

Não-Me-Toque já enviou o texto contando a origem do nome para a produção do vídeo que irá ao ar na sexta-feira no canal do youtube do Bem Contado (https://www.youtube.com/channel/UC2VOMB57RhTNL_0IW_UZyYA) para escolher a cidade com o nome mais curioso.

Wilhan ressalta que a intenção é eleger o município com o nome mais curioso do País, não o mais engraçado, nem o mais estranho. É o mais curioso. Aquele nome que você lê e fica tentando imaginar de onde tiraram a ideia para ele. Para realizar o concurso, a equipe do Bem Contado pesquisou e selecionou 40 cidades para a disputa.

Você conhece a história de Não-Me-Toque? Então leia abaixo

Por diversas vezes a existência do Município de Não-Me-Toque causa estranheza em quem mora em outros estados, e até mesmo para alguns gaúchos, mas de fato, quem nasce em Não-Me-Toque não é intocável como muitas brincadeiras na internet apontam, é sim não-me-toquense, mas afinal, de onde vem um nome tão peculiar?

Diversas versões são ensinadas sobre a origem do nome do município, para compreende-las vamos voltar um pouco no tempo, para meados de 1827, quando os portugueses que aqui moravam, davam denominações curiosas para suas terras como Invernada Grande, Pessegueiro e Invernadinha, mas nenhuma delas chamava tanta atenção quanto a Fazenda Não-Me-Toque. Sua existência é confirmada apenas por uma escritura pública encontrada no Cartório de Imóveis de Passo Fundo, datada em 20 de julho de 1885, mas ainda assim, nos tempos de escola, sempre nos questionávamos – “Mas por que Não-Me-Toque?”, eis que as professoras contavam mais três versões.

Uma envolvendo os índios que não aceitavam que os tirassem de onde estavam, outra do 1º fazendo da região que ao ser mandado embora de suas terras, teria utilizado a frase “Me tirem a vida mas Não-Me-Toque nestas terras”, o que é apenas um boato por não existirem registros históricos, fazendo com que estas duas versões sejam apenas lendas entre os munícipes, porém a terceira, em razão da planta, é tida como a verdadeira origem do nome.

Não-Me-Touque sempre foi um município com campos verdes e vegetação variada, porém, para os tropeiros que aqui acampavam na época, uma planta em particular incomodava muito, a da família dasyphyllum, conhecida como Sucará ou Espinho de Santo Antônio, ganhou outro nome na época, passando a ser chamada de árvore Não-Me-Toque, composta por um arbusto de tronco curto, recoberta com espinho que vão de 3 a 5 cm de comprimento, agrupados de 3 em 3 ao longo do caule, a planta era inconfundível e encontrada aos montes pelos campos do município, sem dúvida, quem for tocado por um daqueles espinhos jamais esquecerá.

Mas nem sempre Não-Me-Toque foi Não-Me-Toque! É Isso mesmo, em 1954, um plebiscito criava o município de Não-Me-Toque, mas em 1970, um grupo iniciou um movimento para trocar o nome para Campo Real, em homenagem ao trigo, conhecido como cereal rei, que era cultivado em grande parte das lavouras do município. Então, a partir de 09 de dezembro de 1971, o município passa a se chamar Campo Real, e assim foi até 27 de dezembro de 1976, quando mais uma vez, através de um novo plebiscito, Não-Me-Toque voltou a ser Não-Me-Toque!

O município miscigenado, foi colonizado em sua grande maioria por holandeses, que auxiliaram na implantação de processos agrícolas, posteriormente transformando a cidade em uma referência nacional com o título de Capital Nacional da Agricultura de Precisão, com grandes indústrias do agro e a feira Expodireto, uma das maiores da América Latina.

Com o lema Honra e Labor em seu símbolo, Não-Me-Toque conta com pouco mais de 17mil habitantes que alegremente fazem do município uma referência na região norte do Rio Grande do Sul.


Notícias Semelhantes
Não-Me-Toque/RS
Av. Alto Jacuí, 840 - CEP: 99470-000
Telefone: (54) 3332 2600
E-mail: contato@naometoquers.com.br
Expediente:
08:15 às 11:30 - 13:30 às 17:00